Curiosidades

O que é e como funciona o cartão pré-pago?

Com a recessão da economia, os brasileiros estão mais atentos em relação aos gastos. E é neste cenário que o cartão pré-pago está ganhando mercado e surgindo como aliado para quem quer ter um maior controle sobre as finanças e quer evitar dívidas.

Mas quais são as vantagens do cartão pré-pago? A facilidade em adquirir é sem dúvidas a maior delas, basta ter um CPF válido. Não é preciso ter conta em banco ou comprovar renda, é só carregar o cartão e usar.

O cartão pré-pago é uma saída para evitar dívidas, pois quando o saldo depositado acaba, não tem como utilizar o cartão, a menos que seja feita uma nova recarga. Mas o cartão não é gratuito. É preciso pagar uma mensalidade e é cobrada uma taxa por saque, transferência e recarga. E alguns cobram ainda uma taxa por inatividade.

Como adquirir um cartão pré-pago?

São muitas opções de cartão pré-pago, por esse motivo, é preciso pesquisar qual é a melhor opção para você. A MasterCard, por exemplo, oferece a ContaSuper. Para pedir, basta ter mais de 18 anos e um CPF válido, entrar no site, preencher os dados pessoais, escolher o plano, carregar e usar. Existem planos para empresas também.

A Visa também oferece outras opções de pré-pagos com a bandeira que podem ser pedidos pela internet, telefone, instituições bancárias ou lojas.

Ambos os cartões permitem ao cliente fazer transferência, saques, tirar extrato, fazer recarga, pagar conta e visualizar saldo. Além disso, são aceitos dentro e fora do Brasil em todos os lugares que aceitam as bandeiras MasterCard e Visa.

Vale-presente

É possível comprar esses cartões em supermercados e livrarias e, depois de desbloqueados, aproveitar serviços de streaming de filme, música e jogos, por exemplo. Ou gastar em produtos e serviços na loja em que foi comprado.

Para os lojistas, investir nesse tipo de cartão é um bom negócio porque as pessoas acabam gastando mais do que o valor indicado no cartão. E para quem quer presentear e não sabe o que escolher é uma ótima opção.

Controle de despesas

O titular do cartão pré-pago pode pedir cartões adicionais e distribuir o dinheiro para cada um de acordo com a necessidade. É possível dar um cartão de mesada e controlar os gastos dos filhos, por exemplo, já que cada compra fica registrada. Ou deixar um para as despesas da casa com a empregada doméstica.

Existem cartões corporativos para dar aos funcionários como bônus ou recompensa, ou pagar funcionários desbancarizados.

Viagens internacionais

Existem opções de cartões pré-pagos internacionais, já que carregar dinheiro em viagens pode ser perigoso e difícil de gerir.

Para as empresas que mandam funcionários para o exterior fica mais fácil controlar os gastos, e para os pais com filhos em intercâmbio é mais fácil recarregar o cartão, em caso de necessidade.

Mais segurança

Os pré-pagos também podem ser usados em compras online dentro e fora do Brasil. Para quem tem medo de ter o cartão clonado ao digitar os dados, não corre mais esse perigo. Basta carregar o cartão com o saldo necessário para a compra ou deixar um cartão só para compras online.

Além disso, é mais seguro andar com um cartão no bolso do que dinheiro vivo. E para quem não pode ou não quer ter uma conta em um banco, o pré-pago possibilita sacar, transferir, pagar contas e até carregar o celular.

Mas antes de sair adquirindo um cartão pré-pago vale a pena pesquisar e analisar se ele realmente vai ser beneficioso para você.