É incontestável: as pessoas estão passando mais tempo na internet. Quem diz isso é a organização internacional We Are Social. Em um levantamento de 2022, ela identificou que a população mundial passa em torno de 6h58min por dia na rede. Logo, não é de se estranhar que o Tik Tok, aplicativo chinês de produção e compartilhamento de vídeos curtos, parece ter caído no gosto do público.

Afinal de contas, a plataforma traz muito conteúdo de entretenimento. Mas não é só de humor e desafios de dança que o Tik Tok é feito. Dá para fazer negócio por lá! Tudo é uma questão de como você usa essa ferramenta para fortalecer a sua marca e se comunicar com o público.

Algumas grandes empresas já perceberam a oportunidade e estão usando o aplicativo para mostrar os bastidores e engajarem os usuários. Ao longo do post de hoje, vamos dar algumas dicas sobre como o pequeno negócio pode entrar na onda do Tik Tok para vender. Confira!

1. Deixe a sua equipe mobilizada

Cada vez mais, os conteúdos produzidos em qualquer rede social precisam ser humanizados para se conectar aos usuários. Com o Tik Tok, não é diferente. Afinal, estamos falando de vídeos feitos por pessoas para pessoas.

Por isso, uma boa ideia é mobilizar a equipe para que os colaboradores criem seus próprios conteúdos mostrando, por exemplo, como é trabalhar na empresa.

Um exemplo dessa iniciativa é de uma funcionária do Starbucks que atingiu 1,5 milhões de seguidores no app. Na sua conta, além de mostrar o seu dia a dia na empresa, ela ensina como fazer as famosas receitas da rede norte-americana.

2. Produza vídeos que gerem engajamento do público

Como dissemos, o Tik Tok é uma ferramenta de conteúdos em vídeo. Então, para crescer o seu perfil, você precisa criar materiais criativos, atrativos e que engajem o seu cliente.

Esteja atento ao que você produz, evitando aqueles materiais excessivamente publicitários, com preços e promoções, sabe? Nada pior para o usuário do que ele sentir que, em vez de um conteúdo de entretenimento, está assistindo a um comercial personalizado para a rede.

A ideia é proporcionar uma experiência positiva, divertida e, acima de tudo, interativa para as pessoas que acompanham o seu perfil. Portanto, uma boa sugestão é criar desafios que mobilizem os seus seguidores a criarem os próprios vídeos a partir das pautas que você indica. Assim, se viralizarem, sua marca pode ter ótimos resultados de alcance.

Se você tem uma doceria, por exemplo, por que não ensinar a como fazer uma sobremesa diferentona e estimular os seus seguidores a recriarem ela, mostrando o resultado em uma gravação? Ou, se o seu negócio é um salão de beleza, que tal ensinar um penteado ou uma forma prática de fazer a própria unha? Essa pode ser uma forma para lá de interessante para engajar as pessoas.

Há ainda outra opção: a de entrar na onda das “dancinhas”, como fez a Chipotle Mexican Food que lançou um desafio em que os seguidores deveriam dançar uma música com a palavra “abacate”.

3. Explore as diferentes categorias de conteúdos

Muitas marcas ficam receosas de investir no Tik Tok por não saber qual conteúdo criar para essa plataforma. Porém, a verdade é que não faltam categorias de conteúdo para você explorar, viu? O "X" da questão é conhecê-las e saber quais podem ser bem aproveitadas pelo seu negócio.

Por exemplo, quem tem um mercado pode criar uma série de tutoriais de receitas para o cotidiano, desde aquelas mais básicas até as que têm foco em dietas e restrições alimentares. Tudo isso sempre usando os comes e bebes que comercializa — em especial, se o local tem uma linha própria de produtos.

Uma academia, por sua vez, pode produzir vídeos descomplicando exercícios, mostrando a forma correta de se usar as máquinas e halteres e acabando com os mitos que envolvem cada grupo muscular.

Inclusive, dá para ter uma série de perguntas e respostas rápidas em que os professores do lugar falam sobre as dúvidas que mais recebem dos alunos sobre o planejamento e a execução de treinos.

Tanto uma sugestão quanto a outra representam uma forma simples de criar um conteúdo de valor para o seu público. Ou seja, que dialoga com as necessidades dele e o principal: que mostra de forma instigante e nada forçada como o seu empreendimento pode ajudá-lo no dia a dia.

4. Faça parcerias de sucesso

Aproveite que o Tik Tok ainda não tem tantos produtores de conteúdo como outras redes e busque parcerias dentro do aplicativo. Faça uma pesquisa para descobrir quem são os influenciadores e marcas não concorrentes cujo público pode ser interessante para o seu negócio. Com isso, vocês podem fechar uma estratégia de divulgação da sua marca.

Da mesma forma, se o seu parceiro também tiver algo para vender, você pode usar a sua conta para apresentar o negócio dele aos seus seguidores. É uma relação ganha-ganha com o objetivo de aumentar o alcance do seu negócio e atrair mais clientes em potencial. O que acha da ideia?

5. Invista nas lives no Tik Tok

Foi-se o tempo que para fazer lives você recorria exclusivamente ao Instagram. Atualmente, o Tik Tok disponibiliza a mesma ferramenta e com funções muito parecidas com as da rede vizinha. Portanto, monte um cronograma de lives para o seu perfil. Pode ser uma vez por semana ou a cada 15 dias, por exemplo.

A ideia é que você aproveite o recurso para gerar ainda mais alternativas de conteúdo para o seguidor. Dá para realizar transmissões ao vivo em celebrações da empresa ou eventos no qual ela participa.

Outra possibilidade é trazer convidados para falarem em datas importantes, como campanhas de conscientização sobre saúde e bem-estar. Esse tipo de iniciativa costuma gerar engajamento não só entre o seu público-alvo, mas também fora dessa bolha.

6. Esteja de olho nos jovens

Com mais de 1 bilhão de usuários, o Tik Tok ficou muito famoso entre os adolescentes, o público que mais produz e consome conteúdo na rede. Se você quer atingir esse público, precisa estar no app e acompanhar o que está acontecendo por lá.

Mesmo que os jovens não sejam o foco do seu negócio, produzir conteúdo para o Tik Tok talvez seja interessante, porque os próprios adolescentes podem mostrar os seus produtos para os adultos, como pais, tios e professores.

Então, é verdade que o Tik Tok virou uma tendência entre os jovens. Mas não precisa parar por aí. Nada impede que, com o tempo, um público mais velho migre para essa plataforma em massa, como já aconteceu com o Facebook e com o Instagram.

Além disso, daqui uns anos, o público jovem do app não será mais tão jovem e vai ter um poder de consumo maior. Isso pode ser benéfico para as empresas que já começaram a produzir conteúdo na rede.

7. Coloque a sua marca em evidência

Como vimos no caso de sucesso do Starbucks, mostrar o seu estabelecimento por dentro no Tik Tok pode ser uma ótima ideia! Esse é um conteúdo exclusivo, então, aproveite.

Mostre as novidades, situações divertidas e descontraídas do dia a dia, a rotina dentro do escritório (ou durante o home office, se for o caso). Também dê um gostinho do que vem por aí, divulgando um produto que está em produção e ainda não foi lançado.

Peça para os seus seguidores criarem conteúdo com os seus produtos e contarem qual foi a experiência que tiveram com a sua marca. Mas, é claro que, para essa estratégia funcionar, garanta que os consumidores recebam um excelente atendimento e tenham uma jornada de compra fluida e satisfatória.

Além disso, desde o início da situação da pandemia de Covid-19, o público tem valorizado mais as marcas que demonstram cuidado com protocolos rígidos de higiene.

Por isso, se você tem um restaurante, por exemplo, mostre aos seus seguidores como é feita a limpeza da cozinha. Além de a higiene ser elemento fundamental agora, você passa mais segurança para os clientes, que podem confiar nos seus processos e nos seus produtos.

O Tik Tok é uma ferramenta para mostrar a essência da sua marca, por isso, a autenticidade, aqui, é muito importante. Mostrando seus bastidores, você cria uma atmosfera mais próxima do seu cliente e consegue passar os valores de base que sustentam a sua cultura empreendedora e organizacional.

8. Acompanhe como os iniciantes usam o Tik Tok

Uma dica importante se você está começando a usar o Tik Tok agora é: veja o que os outros estão fazendo. É claro que você não vai copiar outras marcas ou influenciadores, mas pode analisar o que funciona e o que não funciona, além de pegar algumas dicas interessantes de produção de conteúdo nessa rede.

Na prática, todos ainda estão aprendendo o que é melhor para o público que está no app, mas você pode se inspirar nas empresas que já fazem sucesso no Tik Tok, como a Desinchá.

Além disso, avise seus clientes que você está no Tik Tok! Use suas outras redes sociais, o e-mail e o WhatsApp para divulgar a novidade. Assim, quem já está por lá pode começar a te seguir.

Uma dica para estimular o seu crescimento no app é falar para os seus seguidores nessas outras redes que você vai mostrar um conteúdo exclusivo no Tik Tok, não oferecido em outros lugares. Isso pode acabar motivando pessoas que estão curiosas tanto pelo seu negócio como pelo app, mas ainda não têm uma conta, a criarem um perfil para te acompanhar.

O futuro do Tik Tok ainda é incerto. Mas, apesar disso, entrando agora no app, em que a concorrência não está tão grande ainda, você pode ter a vantagem de já começar a descobrir as estratégias que funcionam para a sua marca e as que não. Assim, daqui alguns meses, você já terá mais tempo testando as coisas.

Se a rede realmente chegar ao patamar do Instagram, por exemplo, suas chances de crescer são ainda maiores. Então, você vai estar um passo à frente das empresas iniciantes no app no futuro. O Tik Tok é uma grande aposta do momento para as empresas. E você, vai apostar?

Gostou do post? Então, não deixe para depois: assine a nossa newsletter e acompanhe mais conteúdos sobre como fazer a sua marca crescer na internet!