Será que você está perdendo clientes por não fazer a análise do seu site corretamente?

Essa análise corresponde a avaliar a performance das suas páginas online, de acordo com métricas como conversão e velocidade de carregamento. Ela é importante para melhorar a experiência do usuário no seu site e, consequentemente, para aumentar o engajamento dos visitantes e as suas vendas.

Mas você sabe como analisar o seu site para encontrar oportunidades de melhoria? Não se preocupe, porque fizemos este post para te ajudar! Confira 6 dicas para otimizar a performance do seu negócio online. Vem ler!

Três principais aprendizados de hoje

  1. A primeira dica de hoje é garantir a responsividade do seu site. Isso significa que o cliente deve ter uma boa experiência no site independentemente do dispositivo utilizado, como smartphone, tablet ou notebook. Já a nossa segunda dica é analisar a velocidade de carregamento das páginas. A demora nesse processo pode fazer seus visitantes abandonarem o site. Hoje, existem ferramentas para ajudar você a analisar a velocidade, como o PageSpeed da Google. Aproveite esses recursos para otimizar a sua performance no online.
  2. A terceira dica de hoje é analisar as chamadas para ação. Elas guiam o seu cliente pelo site e mostram para ele o que deve ser feito a seguir. Por isso, observe se os textos das suas páginas são claros e objetivos para não confundir os visitantes. A quarta dica da lista é organizar e estruturar o seu site. Não encha suas páginas com pop-ups, anúncios e informações desnecessárias que só prejudicam a experiência do usuário. É preciso que o visitante consiga entender facilmente o que a sua empresa faz e como ela pode resolver o problema que ele tem. 
  3. Já a nossa quinta dica é ter atenção aos seus canais de contato. Quando o cliente entra no seu site, é necessário que ele encontre facilmente uma forma de falar com a sua empresa se precisar. Uma forma de simplificar esse processo é integrar os canais de contato ao seu site, para que o cliente seja direcionado ao de sua preferência. A sexta e última dica é observar a conversão do seu site. Essa métrica é importante para entender quais as estratégias mais funcionam com o seu público e quais não trazem o retorno esperado. Aqui, a ideia é fazer testes constantes, mudando os textos, as cores e o lugar dos elementos do site. 
  1. Responsividade

Quando falamos em um site responsivo, estamos nos referindo a um site que se adeque aos diferentes dispositivos usados pelo cliente, como notebook, smartphone e tablet. 

De acordo com um estudo realizado pela Juniper Research, a tendência é de que os pagamentos por smartphones movimentem US$ 3,1 trilhões até 2025.

Com as compras mobile aumentando constantemente, é importante que o cliente consiga visualizar suas páginas e comprar no seu site por meio de um smartphone. 

  1. Velocidade de carregamento

Um dos principais motivos que faz com que os clientes abandonem seu site é a demora no carregamento. O tempo ideal para esse processo é de 2-3 segundos, de acordo com a Google. Aliás, 1 a cada 4 visitantes desistem de navegar no seu site se o tempo de carregamento é superior a 4 segundos.  

Então, foque em melhorar a performance das páginas para não perder clientes. Uma dica aqui é utilizar ferramentas de análise da velocidade, como o PageSpeed da Google.

  1. Chamadas para ação

Quando o cliente entra no seu site, está claro o que ele precisa fazer e qual o próximo passo deve tomar? As chamadas para ação são muito importantes para garantir a conversão. 

Botões como “Fale com um consultor” ou “Compre agora” são fundamentais para guiar o consumidor dentro das suas páginas na web. Mas os próprios textos do site também precisam ser claros e objetivos, sem ambiguidades, para não confundir os visitantes.

É preciso entregar mensagens diretas para que o cliente entenda facilmente qual caminho ele deve percorrer no seu site

Uma dica para analisar esse ponto é mostrar sua loja online para alguém que represente seu cliente e fazer essa pessoa navegar pelas páginas. Então, vale conversar com essa pessoa para entender se suas chamadas para ação estão claras para o público.

  1. Organização e estrutura

O seu site tem muitos pop-ups, propagandas e anúncios que poluem demais as páginas? Isso pode prejudicar a experiência do usuário e deve ser um dos focos na hora de analisar o site. 

É claro que você não precisa tirar todos os pop-ups, mas é preciso avaliar quais são realmente necessários e quais apenas deixam o visitante irritado. 

Além disso, a estrutura do seu site precisa ser clara para que o seu cliente não se perca entre as páginas. Aqui, vale a dica anterior: preze pela clareza e pela objetividade. 

Se o visitante é bombardeado por muitas informações de uma vez, pode ficar confuso e não ter certeza se a sua empresa pode resolver realmente o problema que ele tem.

  1. Canais de contato

O cliente consegue entrar facilmente em contato com a sua empresa por meio do seu site? Esse deve ser um ponto de atenção na hora de analisar suas páginas na internet. 

Uma opção é integrar um chatbot ao seu site para tornar o atendimento mais rápido e fluido. Assim, os visitantes conseguem tirar as dúvidas no momento em que elas aparecem. 

Além disso, deixe claro quais são as formas de contato com o seu negócio, como WhatsApp, telefone, e-mail ou redes sociais. Assim, ao clicar no ícone do canal escolhido, o cliente é direcionado a esse meio de contato e pode falar com a sua empresa. 

  1. Conversão

Se você tem um campo para o cliente se inscrever na sua newsletter ou trabalha com e-commerce, sabe como a métrica de conversão do site é importante. Ela é fundamental na hora de analisar o seu site e criar as próximas metas de conversão. 

Nesse sentido, além de avaliar o seu site tendo essa perspectiva, é preciso testar constantemente diferentes estratégias para entender como elas impactam na conversão do site. 

Se o seu objetivo é, por exemplo, aumentar o número de inscritos na newsletter, vale testar diferentes mensagens chamando para a inscrição, mudar as cores da chamada e até o lugar da caixinha para o visitante inserir o e-mail. 

Com isso, você vai entendendo o que funciona e o que não funciona com o seu público, diminuindo cada vez mais as chances de erro. 

E aí, já vai começar a análise do seu site? A gente espera que este post tenha ajudado você nesse processo!

Para ficar por dentro de todas as novidades do Papo de Balcão, participe do nosso grupo exclusivo no Telegram. Para isso, é só se inscrever aqui pelo celular: Telegram PDB.

Obrigada pelo papo e conte com a gente!