Quais canais de vendas você já utiliza atualmente para comercializar os seus produtos e/ou serviços para os seus clientes? Com as inúmeras possibilidades trazidas pelo universo digital, esses veículos de comunicação foram ampliados e, nos dias de hoje, o pequeno negócio conta com diversas alternativas para efetuar as suas vendas.

Ao mesmo tempo, no entanto, é importante destacar que uma escolha errada pode fazer o negócio não atingir os resultados esperados. Justamente por isso, na hora de decidir em quais canais atuar, é necessário ter atenção a alguns elementos. Neste post, nós vamos falar sobre esses itens para ajudar você a traçar uma estratégia eficiente em diferentes canais de vendas. Continue a leitura e informe-se!

Quais serão alguns dos principais aprendizados deste artigo?

É possível dizer que o ponto de partida para atuar nos canais de vendas é escolher em quais deles a sua marca estará presente. Algumas opções, além da loja física, envolvem: marketplaces, e-commerces, redes sociais e WhatsApp, por exemplo.

Para facilitar sua escolha, é fundamental pensar na parcela de público que você quer impactar e no grupo de consumidores que você já alcançou. Em qual canal eles estão mais presentes?

Depois de decidir onde vender, é hora de adequar o conteúdo ao meio escolhido. As redes sociais, por exemplo, permitem uma interação mais imediata com os clientes e também a produção de um conteúdo lúdico. Já um e-commerce pede dados objetivos sobre os produtos, como a cor, o modelo e o tamanho.

Nesse contexto, é indispensável destacar o quanto o planejamento também é fundamental na hora de definir as suas estratégias de venda. Trace um plano para cada canal, levando em conta as particularidades que cada um tem.

Para isso, pense em metas e em métricas específicas para avaliar o desempenho do seu negócio e analisar se o investimento nos canais está trazendo retorno. Fazer testes com frequência para entender quais ações funcionam melhor em cada opção também é importante para pensar nos próximos passos a serem dados pelo seu negócio.

Entretanto, é também essencial ter consciência de que não adianta estar em diversos canais de vendas se a sua estrutura ainda não suporta toda a demanda. Comece de acordo com a etapa em que o seu empreendimento se encontra para não comprometer a experiência do cliente e os seus resultados.

Além disso, garanta que as entregas serão feitas no prazo combinado e busque responder a todas as solicitações dos consumidores. Por fim, vá além e invista no momento de pós-venda. Depois que o cliente concluir a compra, lembre-se de que ele deve ter todo o apoio necessário para tirar eventuais dúvidas e resolver quaisquer problemas que surgirem. Então, ofereça esse suporte e certifique-se de que o consumidor sairá satisfeito dessa experiência.

Compreendidos esses pontos, chegou a hora de entender o que, de fato, são os canais de vendas — e por que são tão relevantes —, quais são os principais utilizados hoje em dia e outras informações igualmente pertinentes. Continue a leitura e fique por dentro!

O que, afinal, é possível compreender como canais de vendas?

De forma simples, os canais de vendas são os meios pelos quais os negócios comercializam os seus produtos e/ou serviços para o seu público-alvo. Ou seja, trata-se de plataformas e/ou aplicações, via de regra, nas quais as soluções de um negócio são disponibilizadas aos potenciais consumidores, independentemente da sua área de atuação.

Atualmente, os empreendimentos podem recorrer tanto aos canais que fazem parte do mundo offline — como os quiosques, as próprias lojas e outros estabelecimentos físicos — quanto aos do universo online — como redes sociais, sites institucionais, WhatsApp etc. Na verdade, como dito, o mais importante é definí-los bem, a fim de traçar estratégias acertadas para a divulgação de ofertas em cada um deles, atraindo os potenciais clientes que se fazem presentes nesses meios.

Entretanto, para definir ações bem-sucedidas, é indispensável ater-se àqueles canais que fazem mais sentido de acordo com a parcela de público que você deseja atingir. Para tanto, é preciso fazer, a si mesmo, algumas perguntas-chave, como:

  • "O que a persona do meu negócio consome?";
  • "Em quais canais de vendas o meu público-alvo está presente?";
  • "Por quais meios ele prefere efetuar as compras?".

Qual é a grande importância deles?

Para compreender a tamanha relevância que os canais de vendas têm atualmente, basta lembrar-se de que é justamente por meio deles que os clientes — e os consumidores em potencial — terão contato com o seu empreendimento. Inclusive, em razão disso, tão fundamental quanto conhecê-los a fundo é saber de que maneira utilizá-los bem.

Afinal, fazendo um bom uso dos canais de vendas disponíveis, você tem mais chances de atrair um número maior de pessoas para o seu negócio. Isso, por sua vez, gera mais oportunidades de vendas e, consequentemente, uma elevação no faturamento.

Como fazer um bom uso dos canais de vendas?

Definir uma estratégia a ser implementada nos mais diversos canais de vendas é um dos primeiros passos a serem dados no início de um negócio — ou no momento em que a intenção é expandi-lo. Pensando nisso, a seguir, elencamos uma série de dicas-chave essenciais para que você disponha de uma espécie de "passo a passo" que o norteará nesse sentido. Vamos conferir?!

1. Avalie as possibilidades

Com tantos canais existentes, como saber qual escolher? Bem, em primeiro lugar, é necessário avaliar as possibilidades antes de aderir a todos os canais e não manter nenhum deles depois.

Por conta do crescimento do meio online, o pequeno negócio deve considerar marcar presença também nos veículos digitais. Isso é importante mesmo que seja apenas para divulgar o trabalho e chamar as pessoas para o estabelecimento físico se ainda não houver uma loja virtual.

Nesse sentido, algumas opções de canais de vendas são:

2. Pense no público

Uma das formas de decidir em qual canal de vendas atuar é vendo onde o seu público está e em qual veículo você quer conquistar mais audiência.

Se a sua marca vende para adolescentes, por exemplo, o Tik Tok pode ser um excelente meio de comunicação e de venda nesse sentido, uma vez que os jovens estão em peso na plataforma. Já se o seu público for composto de pessoas que têm entre 40 e 50 anos, talvez o aplicativo não seja o canal ideal para você.

3. Adeque o conteúdo

O que chama a atenção dos clientes em cada canal de venda? Um conteúdo mais lúdico, por exemplo, tem uma boa performance nas redes sociais, que estão sempre cheias de challenges (desafios). Além disso, nesse meio de contato, é preciso ter uma constância de postagens e se destacar em meio a um feed cheio de informações de outros diversos perfis.

Já nas plataformas de e-commerce, é recomendado oferecer um conteúdo mais objetivo, direto ao ponto. Isso porque, nesse canal, o cliente quer mais informações sobre os produtos que você vende, como a cor, o preço e o tamanho do item, conforme brevemente mencionado.

É claro que, se o seu tom de voz permite uma linguagem informal, você pode aplicá-la na sua loja virtual (e até é bom fazer isso), mas é preciso passar a mensagem sem enrolação e antecipar as possíveis dúvidas dos consumidores.

4. Não se esqueça do planejamento

Para cada canal de venda, é necessário realizar um planejamento e traçar uma estratégia específica de atuação. Então, estabeleça metas e métricas específicas de acordo com as particularidades de cada meio. O objetivo aqui é avaliar constantemente se as ações escolhidas estão gerando os resultados projetados.

Além disso, o planejamento personalizado para cada canal de vendas contribui muito para oferecer uma experiência fluida aos clientes. Afinal, adotar ações idênticas no Facebook e no Instagram, por exemplo, não traz resultados iguais e nem causa a mesma impressão nos consumidores.

5. Faça testes

Na hora tomar a decisão sobre em qual canal de venda atuar, você precisa partir de algum ponto. No entanto, isso não significa que é necessário se manter preso ao escolhido se a estratégia não funcionar. O importante é avaliar qual canal tem a melhor performance e qual não traz o retorno esperado.

Realize testes para entender qual é o público de cada um e quais são as ações que funcionam melhor. Um exemplo pode ser expandir a entrega para outros bairros ou até estados, dependendo da etapa em que o seu negócio está.

Comece fazendo pequenas modificações para entender os resultados obtidos. Às vezes, um canal parece não funcionar, mas, com algumas mudanças estratégicas, ele pode frutificar. Uma dica é usar a opinião dos seus clientes para promover melhorias nos seus processos.

6. Garanta a estrutura

Não adianta decidir atuar em diversos canais de venda se você não tem a estrutura necessária para suportar todos os processos. Por isso, analise se o seu negócio tem "braços suficientes" para absorver todas as demandas, desde o processo de pré-venda até o atendimento e a entrega.

Se você trabalha com entregas, avalie se o seu negócio tem condições de cumprir o prazo combinado para levar os produtos até a casa do cliente antes de expandir os seus canais. Para não comprometer a imagem que os consumidores vão ter da sua marca, garanta uma experiência homogênea, o mais semelhante possível na sua loja física e na online. Afinal, se os clientes têm vivências completamente contrastantes em cada um desses canais, eles ficam com a impressão de comprarem de duas marcas diferentes.

7. Vá além das vendas

Embora você tenha diversos canais eficientes de vendas, o processo não pode acabar quando o cliente finaliza a compra. É preciso investir na etapa de pós-venda para deixar a jornada do consumidor completa e garantir a satisfação dele em relação ao seu negócio.

Nesse sentido, ofereça um atendimento ágil aos clientes e um suporte eficiente que resolva todas as dúvidas que eles têm. Com isso, as chances de os consumidores voltarem à sua loja física ou online aumentam muito. Além disso, se eles tiverem uma boa experiência, podem indicar a sua marca para os conhecidos, expandindo ainda mais a sua carteira de clientes.

Percebeu como, embora seja interessante aproveitar as inúmeras possibilidades de canais de vendas existentes atualmente, há alguns pontos que precisam ser considerados para que as suas estratégias sejam mais acertadas? Então, se você deseja ampliar o seu alcance de público e, por conseguinte, melhorar os seus resultados, siga o nosso passo a passo e escolha os meios ideais para comercializar as suas soluções!

E então? Gostou desse post? Então, recomendamos a leitura desse sobre presença online de pequenos negócios.

Valeu pelo papo e conte conosco!