O seu negócio fica em uma região que atrai muitos turistas em determinada época do ano? Se a resposta for sim, com certeza ao mesmo tempo que você adora ver o seu faturamento subindo, alguns períodos são caóticos. Por isso, é importante preparar o seu negócio para a alta temporada.

Um monte de gente entrando na loja, fila grande, vários pedidos ao mesmo tempo – uma confusão que pode trazer um volume alto de dinheiro no fim do mês, mas também exige muito trabalho e organização. Mas como se organizar para conseguir aproveitar ao máximo a temporada? Você sabe no que precisa prestar atenção nessas épocas do ano?

Se você quer entender como aproveitar ao máximo esse período e ainda garantir a qualidade do serviço para os seus clientes, continue a leitura e confira nossas recomendações!

Quais são as características da alta temporada?

A alta temporada se diferencia em diversos aspectos de qualquer outro período do ano. Em especial, essa época representa para muitas pessoas um momento de relaxamento, descanso e consumo. Como esse tipo de atividade é normalmente imaginada e sonhada ao longo de todo o ano, você certamente receberá clientes com altas expectativas.

Por isso, é preciso ter ainda maior organização e controle para não decepcionar clientes tão ansiosos por essa experiência. Veja, a seguir, quais são as principais características da alta temporada para identificar quando ela acontece no seu negócio. O principal indício de que a alta temporada chegou se refere ao aumento da demanda por seus produtos e serviços.

Como em muitos casos esse aumento representa um grande percentual do público, é importante desenvolver mecanismos exclusivos para essa época do ano. Assim, você não corre o risco de ter problemas como falta de espaço, de estoque, superlotação, grande filas e qualquer outra situação que cause desgaste em seus consumidores.

Quais são os cuidados com a alta temporada?

Como há um aumento expressivo da demanda e do fluxo de clientes, existem diversos cuidados que são essenciais para garantir um atendimento de qualidade e uma boa experiência para cada um dos consumidores.

O primeiro ponto de atenção se refere aos estoques. Dado que há um grande aumento de itens comercializados, os estoques devem ser preparados de maneira antecipada.

Afinal, todos os negócios do seu setor também estão na alta temporada, fazendo com que os fornecedores fiquem sobrecarregados. Por isso, vale investir na prevenção e caprichar em um bom volume de estoques.

Outro aspecto essencial se refere ao treinamento da equipe, especialmente quem trabalha com atendimento ao público. Conforme apresentado anteriormente, os clientes desenvolvem grandes expectativas para a sua experiência de consumo durante a temporada.

Por isso, quando há algum problema, muitas pessoas ficam exaltadas. Portanto, um treinamento específico para lidar com diversas situações é fundamental para preparar seu time para esse momento.

Como se preparar para a alta temporada?

Entender quais são os desafios da alta temporada pode facilitar na hora da preparação para atender a demanda extra. Além disso, vale adotar boas práticas preventivas a fim de assegurar bons resultados. Pensando em te ajudar, separamos várias dicas úteis. Confira!

1. Conheça a realidade da sua região

O primeiro passo é entender a realidade da sua região — quantas pessoas são esperadas na temporada por aí? Você pode perguntar na prefeitura, no SEBRAE, procurar por notícias de anos anteriores, ou conversar com os lojistas da região.

É importante ter uma previsão da quantidade de turistas esperados na alta temporada para estar preparado ao recebê-los. Além disso, é possível usar os dados do negócio para entender melhor como foram os períodos passados. Assim, é possível ter uma boa preparação para atender todos que procurarem seus serviços.

2. Entenda se é necessário contratar mais funcionários

Para absorver toda essa demanda, é preciso definir se você precisa de mais funcionários na sua loja. Esse é um planejamento que deve começar a ser feito com mais ou menos 4 meses de antecedência, porque até você encontrar pessoas capacitadas e de confiança pode demorar.

Com o objetivo de fazer uma boa seleção de colaboradores para esse período, entenda quais são as necessidades de cada vaga, determine um perfil ideal para os novos contratados e elabore um processo seletivo com isso em mente.

Dessa maneira, você acerta na contratação, consegue absorver a demanda extra que períodos de alta temporada apresentam e, consequentemente, otimiza a lucratividade do seu negócio.

3. Fique atento ao estoque

Outra coisa muito importante é ter quantidade suficiente de produtos no estoque para conseguir atender a todos. Não dá para deixar o cliente na mão e perder venda, não é mesmo?

Se você não tinha um negócio no ano anterior, pergunte para outros lojistas da região como foi o movimento na última temporada. Quantas vezes mais eles venderam? Faça um planejamento em cima disso, mas também tenha opções caso surja uma demanda maior ou menor que o esperado.

Você pode, por exemplo, negociar com o fornecedor uma compra em consignação, assim, se a demanda for baixa você não fica no prejuízo. Em paralelo, busque fornecedores que entreguem em um prazo curto para não ficar na mão se a demanda for alta e você precisar fazer um pedido de última hora.

4. Faça uma análise de preços

Além de garantir quantidade, revise o preço de cada produto. Na temporada, seus gastos provavelmente devem aumentar. Para dar alguns exemplos: a matéria-prima pode ficar mais cara, normalmente o uso de cartões premium aumenta (e eles têm taxas mais altas), o uso de ar condicionado ou aquecedores pode impactar na conta de luz, entre outros.

A demanda também costuma ser maior, então faz sentido você levar isso tudo em consideração na hora de decidir os preços praticados. Desse modo, você evita ficar no prejuízo e atende seus clientes de maneira inteligente e lucrativa. Portanto, não deixe de analisar os preços nesse período especial.

5. Garanta diversas formas de pagamento

Agora que você já está com quantidade de produtos e preço adequados, é hora de pensar nas formas de pagamento. Solicite maquininhas adicionais — com o movimento aumentando, você com certeza vai precisar.

Certifique-se de aceitar diversas formas de pagamento: dinheiro, PIX, cartão, por NFC, por QR Code, vouchers se for o caso, quantas opções puder. Os clientes podem ter diferentes tipos de pagar e, ao investir em diversificação nos meios de pagamento, você garante que vão comprar de você e, consequentemente, vende muito mais na alta temporada.

6. Mantenha o foco na gestão

Com a loja vendendo e gastando mais, e com diversos tipos de pagamentos operando, você vai precisar fazer uma gestão mais apurada das finanças. Acompanhe de perto todas as entradas, saídas e movimentações financeiras.

Esteja craque em fluxo de caixa! Isso vai ser fundamental para não perder o controle e conseguir garantir a precisão dos investimentos no seu negócio. Além disso, faça a conciliação bancária e atente-se para que suas receitas superem as despesas.

7. Diversifique o portfólio de produtos

Com mais produtos as chances de conseguir vender muito é bem boa. Portanto, verifique quais são os produtos complementares às suas ofertas. Assim, é possível aumentar o ticket médio por cliente.

Além disso, uma ideia inteligente é repensar os produtos ofertados. Coisas relacionadas à cultura local, por exemplo, costumam ser um atrativo forte para os turistas: comida local, lembrancinhas da região, entre outros.

8. Invista na decoração

Investir em tornar seu negócio mais atrativo é um passo importante para vender mais na alta temporada. Desse modo, pense na ambientação do espaço e invista em locais Instagramáveis para que os visitantes façam propagandas para você.

Vale questionar, por exemplo, como decorar sua loja para ela conseguir refletir o que é vendido por lá? Existe alguma decoração especial que possa chamar a atenção de quem passa pela porta?

Lembre-se de que os turistas, em geral, ainda não conhecem os estabelecimentos locais. Então, você precisa encontrar formas de despertar o interesse deles em conhecerem o seu.

9. Esteja preparado para ser efetivo na comunicação

Também é preciso ter atenção à comunicação. Se sua região recebe muitos estrangeiros, providencie cardápios bilíngues. No caso de restaurantes, por exemplo, expor fotos de cada um dos itens do menu também é uma alternativa.

Assim, todos conseguem saber exatamente o que vão comer. Além disso, vale contratar funcionários que tenham fluência e proporcionem uma boa experiência aos visitantes. Desse modo, você garante bons resultados e encanta mais pessoas com os serviços prestados.

10. Ofereça produtos e atendimento de qualidade

Um bom atendimento é requisito mínimo para encantar os clientes. Portanto, é importante investir em formas de assegurar que tudo saia perfeitamente em seu estabelecimento. Para isso, existem várias ações que podem ser adotadas.

Por exemplo, é importante oferecer produtos de qualidade e atendimento diferenciado, com muita atenção a cada uma das pessoas que entra na sua loja. Deixar os clientes à vontade, satisfeitos e no clima das férias é o que vai fazer com que saiam da sua loja querendo voltar e recomendar para os amigos.

Entendeu como preparar o negócio para a alta temporada e conseguir bons resultados? Ao seguir as nossas dicas, você consegue melhorar a experiência de quem visita seu estabelecimento. Assim, a probabilidade de consumirem mais e voltarem em outras oportunidades é bem grande. Portanto, não deixe de aplicar tudo que aprendeu por aqui!

Gostou do nosso post? Assine nossa newsletter e receba os próximos posts direto na sua caixa de entrada!