Tempo de leitura: 6 minutos

Você fez um Pix e precisa cancelar a transferência ou recebeu um Pix errado? Calma, que é possível resolver essa situação.

De acordo com dados do Banco Central, até o final de abril de 2021, mais de 230 milhões de chaves já tinham sido cadastradas e quase 500 milhões de transferências já haviam sido feitas no mesmo período.

Com mais pessoas utilizando o Pix cada vez mais, as dúvidas também podem aumentar, assim como situações em que é necessário cancelar uma transferência. 

No post de hoje, vamos mostrar como funciona a devolução do valor de um Pix e em quais casos isso pode ser feito. Vem ler!

Três principais aprendizados de hoje

  1. Um dos benefícios do Pix é a sua facilidade de pagamento. Você pode cadastrar uma chave Pix com alguns dos seus dados pessoais, selecionar o valor a ser transferido e digitar sua senha para finalizar o processo. A transação leva, no máximo, 10 segundos. Se você receber ou fizer um Pix indevidamente, é possível contar com a devolução do dinheiro em algumas situações. 
  2. Não é possível cancelar um pagamento já realizado, mas você pode desistir de fazer um Pix até o momento de digitar sua senha. De qualquer forma, existe uma funcionalidade de devolução para Pix. Ela pode ser acionada por quem recebeu o dinheiro. Só assim é possível contar com o dinheiro de volta. Então, o pagador precisa entrar em contato com o recebedor para estornar o valor transferido. 
  3. Os apps de algumas instituições financeiras disponibilizam uma aba de devolução de Pix para facilitar o processo. Nesses casos, a pessoa favorecida pode fazer a devolução em até 90 dias desde o momento do recebimento do dinheiro. É importante reforçar a necessidade de você prestar muita atenção às transferências por Pix e nunca clicar em links desconhecidos para evitar golpes.

Facilidade de pagamento do Pix

Um dos grandes atrativos do Pix é a facilidade de pagamento que esse meio oferece.

Para fazer uma transferência por Pix, você precisa cadastrar uma chave junto ao seu banco (que pode ser o seu celular, CPF ou e-mail, por exemplo). 

Então, você deve entrar no app da sua instituição financeira, entrar na aba Pix e, em seguida, realizar o pagamento, selecionando o valor a ser transferido e incluindo a chave Pix do recebedor. 

Vale dizer que a transação leva menos de 10 segundos para ser concluída, por isso, esse meio de pagamento é considerado muito prático e rápido, sem a necessidade de ter os dados bancários da pessoa favorecida. 

Mas e se você receber um Pix que não deveria? Ou realizar uma transferência de um valor errado? Ou ainda fazer um pagamento para uma conta errada?

Será que tem solução? Muitas vezes, tem sim e é exatamente isso que vamos ver nos próximos tópicos!

Como cancelar uma transferência por Pix?

Por ser um pagamento instantâneo, o Pix exige atenção do usuário. Portanto, uma transação só pode ser alterada ou cancelada apenas antes da confirmação do pagamento, porque a liquidação do Pix ocorre em tempo real.

Isso significa que não é possível cancelar um pagamento já feito. Mas há uma forma de resolver o problema se você fez ou recebeu uma transferência indevida. É o que vamos ver a seguir, confira!

Como funciona a devolução no Pix?

A necessidade de devolução do valor de um Pix pode aparecer em diferentes contextos, como o exemplo que já citamos de transferência indevida. 

Outro cenário é o caso de arrependimento de compra, ao qual o cliente tem direito de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. Nesse caso, ele pode pedir o estorno no valor transferido. 

Para todas essas situações, existe uma funcionalidade de devolução disponível no Pix, mas ela só pode ser iniciada por quem recebeu o dinheiro incorretamente. Ou seja, uma vez que a transação é efetivada, o dinheiro só poderá ser recuperado se o pagador entrar em contato com o recebedor para solicitar a devolução.

Você pode desistir de um Pix no meio do caminho, ou seja, antes de inserir sua senha para concluir o processo. 

Os apps de algumas instituições financeiras disponibilizam uma aba de devolução de Pix para casos em que você não consegue identificar a fonte pagadora. Da mesma forma, você pode instruir o recebedor a seguir esse caminho para devolver o dinheiro para a sua conta. 

Nesses casos, o recebedor tem até 90 dias para realizar esse processo e efetivar a devolução do dinheiro ao pagador. Lembrando que o Pix permite realizar transações em qualquer dia e em qualquer horário, sem limite de valor.

Para garantir que a devolução foi feita corretamente, é recomendado que o pagador verifique sua conta para ver se o dinheiro consta no extrato. 

Além disso, não é necessário ter uma chave Pix cadastrada para fazer a devolução de um pagamento indevido.

Preste atenção às transferências via Pix

A dúvida sobre o cancelamento de uma transferência via Pix vem em um momento em que alguns golpes de WhatsApp e também em relação a esse meio de pagamento estão virando notícia. 

Como você precisa entrar em contato com o recebedor para ter o seu dinheiro de volta, e ele deve ter boa intenção em te devolver o valor, no caso de um golpe, o estorno do Pix não é uma realidade. Então, você deve se proteger contra esse tipo de situação. 

Para isso, nunca clique em links que vierem de fontes desconhecidas, só compre em lojas confiáveis e com boa reputação no mercado e apenas realize transações Pix no app do seu banco. 

Um último conselho para você é: não hesite em entrar em contato com a sua instituição caso haja necessidade de devolução de Pix e você tenha alguma dificuldade ao longo do processo. A equipe do banco está preparada para atender às suas solicitações e tirar todas as suas dúvidas.

E aí, o que você achou do post de hoje? Para ficar por dentro de todas as novidades do Papo de Balcão, participe do nosso grupo exclusivo no Telegram. É só clicar neste link com o seu celular: Grupo PDB.

Obrigada pelo papo e conte com a gente!